04 junho 2012

Qual o sentido da vida ?

Obs: você está lendo um texto original da autora do blog.

Aí está uma pergunta filosófica profunda e impossível de responder num consenso humano, a qual já fustigou muitos cérebros em noites brancas. E hoje eu quero discorrer sobre esta questão com o meu leitor.

A priori, ao ser perguntado, cada leitor dirá como resposta "o sentido da vida dele". Isto porque a interpretação da pergunta é mal feita. Se a pergunta for "qual o sentido da vida para você" com certeza refere-se àquilo que dá sentido à sua vida, isto é, realização de sonhos, amor, dinheiro, etc. Mas, se a pergunta for genérica "qual o sentido da vida" entende-se "qual o sentido da vida na terra" "por que estamos aqui", "quem somos nós e de onde viemos". Aí complicou-se, não é?

Suponha que todas as pessoas acreditam em Deus como criador de todas as coisas, suponha que  não existem ateus e religiões que se desviaram do foco principal da Bíblia, suponha que  tudo no mundo gira em torno de um só Deus... Ainda assim, como saberíamos o sentido da vida? Primeiramente conhecendo profundamente este Deus criador de todas as coisas para conhecer suas intenções.  Nós não cogitaríamos saber qual o sentido da vida, pois aprenderíamos desde o berço a conhecer este Deus e saberíamos onde ele quer chegar com tudo que nos apresentou até então. 

O sentido da vida está contido no plano de Deus ao fazer o mundo e resume-se na seguinte sequência: a criação de um mundo transcendente, que chamou de céu,  onde ele criou anjos, arcanjos, tantos outros seres que habitam fora da linha do tempo, assim sendo seres atemporais. A criação de um mundo dentro da linha do tempo, onde ele colocou planetas, galáxias e seres vivos diferenciados, bichos, bactérias, peixes, seres humanos, temporais, mortais. Parece simplório? Leia a sequência.

Para onde nos leva tudo isto é uma resposta não muito conhecida mesmo nos meios religiosos que têm em mãos a Bíblia com as respostas, mas entendem na Bíblia só o que é do seu próprio interesse. O Senhor Deus criou tudo isto por ser um ser criador e amoroso e sua intenção é ser tudo em todos. Aí está a resposta para o sentido da vida: Deus quer ser tudo em todos. Como assim? Quando o amor unir todos os seres, a vida se  fundirá redentoramente em amor e  Deus será tudo em todos.

No versículo 28 do capítulo 15 de I coríntios você vê claramente a intenção final de Deus ao criar céus e terra. < I Corintios capítulo 15 versículo 28 >; E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o mesmo Filho(Jesus) se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos".

Resumindo a resposta para o sentido da vida na vontade de Deus: no final de tudo que ainda está por vir, na consumação dos séculos o sentido da vida estará concretizado quando  Deus for tudo em todos".

Paz do Senhor a todos os leitores.

Por Alda Inacio

 

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.